Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

CLIQUE NO G+1 E NO FACEBOOK PARA DIVULGAR O FÓRUM. Dê um Like!

Agosto 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário


Piloto da Semana: Lewis Hamilton – GP de Cingapura / Pilot of the Week: Lewis Hamilton - Singapore GP

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Piloto da Semana: Lewis Hamilton – GP de Cingapura / Pilot of the Week: Lewis Hamilton - Singapore GP

Mensagem por Matheus Lima em Qui Set 25, 2014 7:10 am

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Nome: Lewis Hamilton. Nascimento: 7 de janeiro de 1985, em Stevenage (Inglaterra). Equipe: Mercedes GP (Fórmula 1). Títulos: Multicampeão no Kart (entre 1996 e 2000); Campeão britânico de Fórmula Renault (2003); Campeão europeu de Fórmula 3 (2005); Campeão da GP2 (2006); Campeão da F1 (2008).

Lewis Hamilton assumiu a liderança do campeonato mundial de Fórmula 1 após dominar o GP de Cingapura, enquanto seu rival e companheiro de equipe na Mercedes, Nico Rosberg, abandonou com problemas técnicos. Rosberg estava 22 pontos à frente de Hamilton antes da 14ª etapa da temporada, mas agora está três pontos atrás de seu rival depois de uma corrida desastrosa.

Os problemas de Rosberg começaram antes da largada, quando sua equipe descobriu uma falha no W05 e foi forçada a trocar seu volante. O alemão então teve de largar dos boxes quando não conseguiu sair do grid na volta de formação. Largando na pole, Hamilton assumiu imediatamente a liderança, perseguido pela Red Bull de Sebastian Vettel (que passou o companheiro Daniel Ricciardo na curva 1) e pela Ferrari de Fernando Alonso, enquanto os problemas técnicos de Rosberg continuaram.

O alemão progrediu pouco durante o primeiro trecho, não conseguindo sequer ultrapassar a Caterham de Marcus Ericsson enquanto enfrentava problemas que afetavam seu DRS, sistemas de recuperação de energia e caixa de câmbio, e eventualmente abandonou em seu primeiro pit-stop na volta 13. Com seu principal rival fora da prova, Hamilton parecia destinado a vencer com facilidade, mas sua superioridade ficou ameaçada quanto o safety car entrou devido aos destroços deixados pela quebra da asa dianteira da Force India de Sergio Perez na metade do evento.

A Mercedes decidiu manter Hamilton (que ainda não havia utilizado o composto macio) na pista, o que exigiria uma parada em condições de corrida, então o britânico começou a fazer voltas rápidas após a relargada na volta 38 a fim de abrir uma diferença grande o suficiente para voltar ainda na liderança. Entretanto, as Red Bulls de Vettel e Ricciardo estavam tentando fazer seu primeiro jogo de pneus macios resistir até o final, aliviando a pressão sobre o líder.

Hamilton abriu mais de 25s sobre Vettel antes de fazer seu pit-stop final a nove voltas da bandeirada, mas não foi suficiente para mantê-lo na frente. O piloto da Mercedes segurou Ricciardo antes da curva 3 enquanto Vettel assumia a liderança, mas com pneus bem mais novos, Hamilton retomou a posição e seguiu tranquilo para vencer com 13.5s de vantagem.

Campeão da Fórmula 1 em seu segundo ano, na ocasião o mais jovem da história na categoria. Esse feito foi alcançado pelo inglês Lewis Hamilton. Após uma grande temporada de estreia pela McLaren em 2007, com quatro vitórias (Canadá, Estados Unidos, Hungria e Japão) e o vice-campeonato, Hamilton corrigiu a “injustiça” do ano anterior, quando perdeu o título tendo 17 pontos de vantagem para o segundo colocado, restando duas provas para o final.

Em 2008, o inglês teve cinco vitórias (Austrália, Mônaco, Inglaterra, Alemanha e China), e só não conquistou mais uma devido a uma punição discutível na Bélgica. Uma temporada fantástica, engrandecida pelo desafio imposto pela Ferrari e pelo brasileiro Felipe Massa, em uma questão decidida apenas nas curvas finais da última etapa em Interlagos. Em 2009, a McLaren só reagiu na segunda metade da temporada, tempo suficiente para que Lewis vencesse dois GPs: Hungria e Cingapura.

Em 2010, com um carro melhor, ele encarou o poderio da Red Bull e chegou a liderar o campeonato, com três vitórias (Turquia, Canadá e Bélgica). No ano seguinte, em um ano conturbado, conseguiu ao menos outros três triunfos (China, Alemanha e Abu Dhabi). Em 2012, mais três vitórias (Canadá, Hungria e Itália), mas o título não veio devido a muitas quebras do carro da McLaren.

Após seis anos na McLaren, Lewis Hamilton decidiu mudar de ares e está na Mercedes desde 2013. Decisão que tem se mostrado acertada: obteve quatro pole positions e uma vitória (no GP da Hungria) em seu primeiro ano, e no segundo já desponta como forte candidato ao título, ao obter seis poles e sete vitórias nas 14 etapas iniciais: Malásia, Bahrain, China, Espanha, Inglaterra, Itália e Cingapura. Por isso, ele é o Piloto da Semana do Autoracing!

Lewis Hamilton (F1) obteve a vitória entre os internautas com 47% dos votos. Pietro Fittipaldi (F-Renault) ficou na segunda posição com 26% dos votos.


Name: Lewis Hamilton. Birth: January 7, 1985 in Stevenage (England). Team: Mercedes GP (Formula 1). Titles: Multicampeão in Kart (between 1996 and 2000); British Formula Renault champion (2003); European Formula 3 champion (2005); GP2 champion (2006); F1 Champion (2008).

Lewis Hamilton took the lead of the world championship of Formula 1 after dominating the Singapore Grand Prix, while his rival and teammate at Mercedes, Nico Rosberg, retired with technical problems. Rosberg was 22 points ahead of Hamilton before the 14th stage of the season, but is now three points behind his rival after a disastrous race.

The problems began Rosberg before the start, when his team discovered a flaw in W05 and was forced to change his wheel. The German then had to leave the pits when he failed to leave the grid on the formation lap. From pole, Hamilton immediately took the lead, chased by Red Bull of Sebastian Vettel (now mate Daniel Ricciardo in curve 1) and the Ferrari of Fernando Alonso, while Rosberg continued technical problems.

The German made ​​little progress during the first stretch, failing to even surpass the Caterham Marcus Ericsson while facing problems affecting your DRS, energy recovery systems and gearbox, and eventually abandoned his first pit stop on lap 13 With his main rival out of the race, Hamilton looked set to win easily, but their superiority was threatened as the safety car came in because of the wreckage left by the breakdown of the front wing for Force India Sergio Perez in the middle of the event.

Mercedes decided to keep Hamilton (who had not yet used the soft compound) on the track, which would require a stop in race conditions, then the British started making fast laps after the restart on lap 38 in order to make a big difference to enough to still back in the lead. However, the Red Bulls of Vettel and Ricciardo were trying to make their first game of soft tires resist until the end, relieving pressure on the leader.

Hamilton opened over 25s on Vettel before making his final pit-stop nine laps of the checkered flag, but it was not enough to keep him in front. The Mercedes driver Ricciardo held ahead of the curve 3 while Vettel took the lead, but with much more new tires, Hamilton retook the position and went quiet to win with 13.5s advantage.

Formula 1 Champion in his second year at the time the youngest ever in the category. This feat was achieved by Lewis Hamilton. After a great debut season with McLaren in 2007, with four wins (Canada, United States, Hungary and Japan) and the runner-up, Hamilton corrected the "injustice" of the previous year, when he lost the title with 17 points ahead of second place, leaving two races remaining.

In 2008, the English had five wins (Australia, Monaco, England, Germany and China), and not only won more due to a debatable penalty in Belgium. A fantastic season, magnified by the challenge posed by the Ferrari and Felipe Massa in a matter decided only in the final curves of the last step in Interlagos. In 2009, McLaren reacted only in the second half of the season, enough that Lewis won two GPs time: Hungary and Singapore.

In 2010, with a better car, he faced the might of Red Bull and came to lead the championship with three wins (Turkey, Canada and Belgium). The following year, in a troubled year, managed to at least three other triumphs (China, Germany and Abu Dhabi). In 2012, three more wins (Canada, Hungary and Italy), but the title did not come due to many breaks of the McLaren car.

After six years at McLaren, Lewis Hamilton decided a change of scenery and is the Mercedes since 2013 Decision that has proven correct: won four pole positions and a win (in Hungarian GP) in their first year, and has emerged as the second contender, while getting seven wins and six poles in 14 initial steps: Malaysia, Bahrain, China, Spain, England, Italy and Singapore. So he is the pilot of the Week Autoracing!

Lewis Hamilton (F1) claimed victory among Internet users with 47% of the vote. Pietro Fittipaldi (F-Renault) placed second with 26% of the vote.
avatar
Matheus Lima
Membros
Membros

Mensagens : 20
Data de inscrição : 19/06/2014
Idade : 15
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum